Vinicius Júnior chora em coletiva ao falar de racismo na Espanha

GUO


Vinícius Júnior emociona durante entrevista coletiva e denuncia racismo antes de jogo na Espanha


Nesta segunda-feira, 25 de março, o atacante da Seleção Brasileira Vinícius Júnior protagonizou um momento de grande emoção durante uma entrevista coletiva. O jogador não conteve as lágrimas ao abordar o tema do racismo, um problema que tem enfrentado na Espanha, onde ocorrerá a partida desta terça-feira, 26 de março.


Com a voz embargada, Vinícius Júnior agradeceu o apoio dos jogadores espanhóis que têm se posicionado contra o racismo e lutado para mudar o pensamento discriminatório. "Quero agradecer desde já a todos os jogadores da Espanha que sempre que dão entrevista estão me apoiando, fazendo tudo para que a Espanha mude seu pensamento", afirmou o jogador.


O atleta também aproveitou o momento para chamar a atenção das autoridades esportivas para a necessidade de ações mais efetivas no combate ao racismo. "Sempre peço que Fifa, Conmebol, Uefa possam fazer mais coisas, como a CBF está fazendo, vem me ajudando para que possamos evoluir como seres humanos, para que todos possam estudar para ver o que os pretos passam e passaram", destacou.


Durante a entrevista, Vinícius Júnior revelou que se considera uma pessoa em constante evolução, mas ressaltou a importância de uma postura mais responsável por parte dos repórteres espanhóis. "Acredito que eles têm que falar menos de tudo o que eu faço de errado dentro de campo. Tenho 23 anos e sigo estudando. Por que os repórteres da Espanha, que são mais velhos do que eu, não podem estudar e ver o que realmente está acontecendo?", questionou o jogador.


O atleta também expressou sua frustração com a falta de punição para os casos de racismo, apesar das denúncias que ele já fez e das agressões verbais que continua sofrendo nos jogos do Real Madrid. "Se a gente começar a punir todas essas pessoas que cometem crime e aqui eles não consideram crime, vamos começar a evoluir, tudo vai ficar melhor para todo mundo", ressaltou Vinícius Júnior.


As declarações do jogador evidenciam a gravidade do problema do racismo no futebol e a necessidade de medidas mais enérgicas por parte das autoridades esportivas e da sociedade como um todo. Enquanto isso, o atacante segue firme em sua luta contra o preconceito e na busca por um ambiente esportivo mais inclusivo e justo para todos. 

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !