Filha espanca a mãe com panelas e avisa a emergência: 'Matei minha mãe'

GUO


 Tragédia em Nova York: Filha é Presa após Confronto Mortal com a Mãe


Na manhã de segunda-feira, uma tragédia chocante abalou o bairro de Mott Haven, em Nova York, quando um violento confronto resultou na morte de Selma Mclean, uma mulher de 46 anos. Sua filha, Skydajah Patterson, de 26 anos, foi detida após confessar ter atacado a mãe com uma panela durante uma discussão acalorada em seu apartamento.


O incidente terrível ocorreu quando Patterson ligou para os serviços de emergência para declarar o terrível feito: "Acabei de matar minha mãe". As autoridades chegaram rapidamente ao local e encontraram Mclean inconsciente, com graves ferimentos na cabeça e no rosto. Apesar dos esforços para socorrê-la, ela não resistiu aos ferimentos.


De acordo com informações do site NBC Nova York, Patterson usou utensílios de cozinha para agredir brutalmente sua mãe, deixando-a inconsciente e gravemente ferida. Posteriormente, Patterson foi presa e levada sob custódia pelas autoridades.


O trágico incidente chocou a comunidade local e trouxe à tona preocupações sobre a saúde mental de Patterson. Danaeyah Reynolds, afilhada de Mclean, revelou ao New York Post que recebeu mensagens preocupantes da madrinha pouco antes do confronto fatal. Mclean expressou seu medo em relação a Patterson, que recentemente havia saído de uma internação psiquiátrica.


"Ela estava internada desde fevereiro até a semana passada", disse Reynolds. "Ontem à noite, ela começou a ouvir vozes e a falar com uma voz masculina. Minha madrinha estava aterrorizada. Ela me disse que estava com medo porque Skydajah afirmava que as vozes em sua cabeça alertavam que [minha madrinha] representava uma ameaça."


Quando Reynolds chegou ao apartamento, foi recebida por uma cena terrível, com manchas de sangue no sofá. Infelizmente, já era tarde demais para salvar Mclean.


Segundo informações do site NBC Nova York, Mclean havia contatado a polícia em duas ocasiões anteriores para relatar agressões por parte de sua filha. A vítima deixou três filhas, duas das quais viviam com ela, incluindo Patterson.


As possíveis acusações contra Patterson não foram esclarecidas de imediato, enquanto a comunidade lamenta essa tragédia devastadora e busca respostas sobre como evitar incidentes tão trágicos no futuro.

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !