Idoso encontra R$ 60 mil enterrados no quintal de casa e chama polícia

GUO


 Descoberta de R$59,9 Mil em Residência de Aposentado Intriga e Mobiliza Autoridades em Palmas


No último sábado (17/2), uma descoberta inusitada agitou a tranquila rotina da região norte de Palmas: uma quantia expressiva de R$59,9 mil foi encontrada no quintal da casa do funcionário público aposentado Raimundo Soares Sobrinho. O dinheiro estava acondicionado em um pote de sorvete, dentro de um saco preto, estrategicamente posicionado atrás de arbustos no jardim da residência que o idoso adquiriu há aproximadamente seis meses.


O achado surpreendente deixou Raimundo perplexo, e diante da incerteza sobre a origem do montante, ele tomou uma atitude exemplar ao acionar imediatamente as autoridades policiais. "Eu tirei só a tampa, quando eu notei que era dinheiro, eu tampei e botei no mesmo local. Aí, retornei o pote para o mesmo local e entrei em contato com a polícia, exatamente para eles fazerem a investigação de onde foi que esse dinheiro surgiu", relatou o aposentado, destacando sua responsabilidade diante da situação.


Raimundo explicou que a casa, adquirida em agosto do ano passado, foi comprada para que sua filha pudesse residir. Segundo o aposentado, sua filha havia passado um dia em sua casa em Itacajá (TO), e ele estava na residência para realizar a limpeza do pequeno jardim na frente da propriedade quando fez a descoberta surpreendente.


A transação imobiliária foi realizada com Inêz Piva de Santana, mãe do ex-secretário de Estado de Saúde Afonso Piva, que perdeu o cargo após ser investigado pela Polícia Federal por suspeita de fraudar licitações na compra de seringas para hospitais públicos do Tocantins. Raimundo teve contato com a antiga proprietária apenas no dia da assinatura da transferência do imóvel.


A atitude de Raimundo em acionar a polícia foi enaltecida pelo aposentado, que ressaltou a importância de devolver o dinheiro, independentemente da quantia. "É porque o dinheiro não é meu [...] Não importa a quantia, só que não me pertence. Eu não poderia guardar o que não era meu. É o correto e o que veio na minha cabeça, pedi a orientação de Deus, foi ligar para a polícia, para investigar o caso, se achar que deve", ponderou.


O mistério sobre a origem do dinheiro agora está sob investigação da Polícia Federal, que esteve na residência de Raimundo no sábado em busca de mais indícios. Embora não tenha sido encontrado mais dinheiro, foram apreendidos vestígios de envelopes e outros objetos não detalhados, que serão submetidos à perícia. A Polícia Civil já registrou o caso e encaminhou os R$59,9 mil à perícia para análise.


À medida que as autoridades investigam a origem do dinheiro e os possíveis desdobramentos dessa descoberta surpreendente, a população local permanece atenta, aguardando mais informações sobre o caso que desafia explicações lógicas até o momento. O mistério dos R$59,9 mil encontrados no quintal do aposentado continua a intrigar a comunidade de Palmas.

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !