Zagallo deixa maior parte da herança para filho caçula

GUO

No último dia 5 de janeiro, o mundo do futebol brasileiro perdeu uma de suas maiores lendas. Mário Jorge Lobo Zagallo, conhecido carinhosamente como Zagallo, faleceu aos 92 anos, deixando um vazio irreparável na história do esporte. Sua trajetória vitoriosa como jogador e técnico é incontestável, mas sua despedida também revelou uma sombra de conflito familiar.


O ex-jogador e treinador estava internado em um hospital do Rio de Janeiro desde o final de dezembro, e a causa de sua morte foi apontada como falência múltipla dos órgãos. A notícia foi um golpe para a nação futebolística, que prestou homenagens ao ícone do esporte nacional. O velório, marcado por emoção, reuniu amigos, familiares e admiradores, que se despediram de Zagallo, reconhecendo sua contribuição inestimável para o futebol brasileiro.


No entanto, por trás da comoção pública, surgem revelações perturbadoras sobre a vida pessoal de Zagallo. Segundo informações do site Notícias da TV, o ex-jogador vinha enfrentando desavenças familiares, especialmente com três dos quatro filhos. Zagallo os acusava de tentativa de extorsão e de anulação do inventário de Alcina de Castro Zagallo, sua esposa falecida em 2012.


Em um comunicado emitido pela família, foi revelado que o próprio Zagallo expressou seu descontentamento com os filhos antes de sua morte. O site teve acesso à escritura do testamento público do ex-jogador, assinada em novembro de 2016, na qual ele nomeou seu filho caçula, Mario Cesar de Castro Zagallo, como o único herdeiro de metade de seus bens.

continue lendo...

Tags

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !