"Não vou mais ser a corna", diz Deborah Secco sobre relação aberta com marido

GUO


 Deborah Secco Desnuda sua Vida: Podcast Revelador com Carla Diaz Aborda Críticas, Carreira e Relações


Num episódio revelador do podcast Diaz On, apresentado por Carla Diaz, a renomada atriz brasileira Deborah Secco, de 44 anos, abriu as portas de sua vida pessoal, compartilhando detalhes sobre sua carreira, lidando com críticas e explorando as nuances de seu casamento com Hugo Moura, de 33 anos. O casal, que está junto desde 2015, são os orgulhosos pais de Maria Flor, uma encantadora menina de 8 anos.


Em meio a uma conversa descontraída e sincera, Deborah Secco falou sobre como encara as críticas direcionadas a ela. "A crítica não é sobre mim, ela é sobre uma Deborah tão diferente de mim, e não me atinge, porque a pessoa que me critica está criticando alguém que não existe, mas está bem longe de existir. É uma crítica que fala muito mais sobre quem faz do que sobre mim, porque é uma crítica sobre o que você cria", destacou a atriz.


A estrela de "Bruna Surfistinha" e "Confissões de Adolescente" também se abriu sobre sua visão única da liberdade feminina e suas opiniões sobre relacionamentos. "Eu não sou vulgar, às vezes eu falo umas coisas sem pensar. A minha opinião sobre liberdade feminina ainda é como um choque para uma sociedade machista, quando eu falo de relações abertas, sobre monogamia, sobre liberdade sexual, sobre prazer. Eu olho para o mundo com um olhar que tenta enxergar uma verdade não hipócrita, tento enxergar as pessoas de verdade, as relações de verdade", relatou.


Ao abordar o tema da monogamia, Deborah Secco expressou suas dúvidas sobre a viabilidade de relacionamentos monogâmicos a longo prazo. "Eu acho difícil homens monogâmicos a longo prazo, acho difícil pessoas monogâmicas a longo prazo. Se você pensa 50 anos juntos de verdade, eu acho quase impossível. Eu acho que o homem é criado para não ser monogâmico, a sociedade criou o homem para ser garanhão, para ser o gostosão. Talvez, eles até querem ser, mas eles foram criados para não ser", comentou.


Entretanto, a atriz deixou claro que sua relação com Hugo Moura é baseada em transparência e acordos mútuos. "Eu não vou mais ser a corna idiota, eu não quero esse lugar para mim. Eu sou casada com um cara que eu mais amo, meu melhor amigo, pai da minha filha, meu parceiro, o cara que sabe tudo sobre mim, o meu pior e o meu melhor. Eu não posso mentir para esse cara, ele não pode mentir para mim, eu tenho que saber tudo dele e ele tem que saber tudo de mim, temos que ser honestos", enfatizou.


A atriz detalhou ainda que sua relação é constantemente reavaliada e redefinida. "A gente tem que aceitar que vivemos em uma sociedade que é difícil demais, que pessoas interessantes vão surgir a cada momento, que eu vou cruzar com alguém interessante e que eu vou chegar em casa e a gente vai conversar sobre isso ou não também como escolha. Mas a gente vai saber que vivemos isso. Talvez a gente não converse caso a caso, talvez a gente precise refazer combinados ao longo da vida. A minha relação é combinada diariamente. Talvez em um momento em que a gente esteja frágil seja melhor fechar a relação, porque a gente pode se perder. Talvez em um momento em que a gente esteja forte, a gente pode se divertir e o sexo ser um sexo casual que não interfira no que a gente sente um pelo outro. O que eu não quero é que ele minta para mim", concluiu.


Este episódio do podcast Diaz On oferece uma visão única e honesta da vida e pensamentos de Deborah Secco, provocando reflexões sobre os conceitos tradicionais de relacionamento e proporcionando aos ouvintes um vislumbre do lado mais íntimo da renomada atriz brasileira. À medida que as redes sociais ecoam as palavras de Secco, é evidente que sua postura franca e destemida continuará gerando discussões e inspirando uma reavaliação de normas sociais arraigadas.

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !