Lula diz que cirurgia é simples, mas que tem medo de anestesia

GUO

Presidente Lula Reafirma Compromisso com o Brasil e Enfrenta Medo da Anestesia Antes de Cirurgia no Quadril

Brasília, 25 de setembro de 2023 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assegurou hoje, durante uma coletiva de imprensa no Itamaraty, que não planeja se afastar da Presidência da República por causa da cirurgia no quadril que está agendada para a próxima sexta-feira, dia 29 de setembro. No entanto, ele admitiu ter receio da anestesia.

O líder petista, conhecido por sua determinação e compromisso com o país, declarou estar confiante em sua recuperação e afirmou: "Se depender de mim, na segunda-feira, para a surpresa do Stuckert [Ricardo Stuckert, fotógrafo da Presidência da República], eu estarei lá no Palácio do Planalto despachando ou no Alvorada."

Lula, que recentemente anunciou sua candidatura à reeleição, demonstrou sua resiliência ao enfrentar o desafio da cirurgia no quadril. Ele compartilhou seus receios em relação à anestesia, afirmando: "É uma cirurgia que a ciência domina bem, não é nenhuma novidade. Obviamente é sempre cirurgia, é sempre anestesia. E, se vocês querem saber da verdade, o que eu tenho mesmo é medo de anestesia."

Ele acrescentou que os médicos lhe garantiram que a anestesia avançou muito e que é mais segura nos dias de hoje. A cirurgia no quadril visa tratar as dores que o presidente sente na "cabeça do fêmur" e será realizada na unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês.

O presidente Lula, de 77 anos, é amplamente conhecido por seu carisma e forte liderança no cenário político brasileiro. Sua saúde tem sido uma preocupação constante para seus apoiadores e críticos, especialmente à medida que se aproxima a temporada eleitoral.

Durante a coletiva de imprensa, Lula não deixou dúvidas sobre sua determinação em continuar trabalhando para o país, mesmo durante o processo de recuperação após a cirurgia. Ele enfatizou que não planeja um afastamento prolongado do cargo e expressou sua confiança na equipe médica que o acompanhará durante a intervenção cirúrgica.

"Tenho uma equipe médica excepcional que tem cuidado da minha saúde há muitos anos. Eles são os melhores no que fazem, e tenho plena confiança neles. A cirurgia é necessária para aliviar minhas dores e melhorar minha qualidade de vida, e estou pronto para enfrentá-la", afirmou o presidente.

A preocupação de Lula com a anestesia não é incomum, pois muitos pacientes têm receios semelhantes antes de procedimentos cirúrgicos. No entanto, ele enfatizou a importância de confiar nos avanços da medicina e nas habilidades dos profissionais de saúde que o acompanharão durante a cirurgia.

A cirurgia no quadril é uma etapa importante na busca pela melhora da qualidade de vida do presidente, que tem enfrentado desconforto e limitações físicas devido às dores na "cabeça do fêmur". A equipe médica que o atenderá está confiante de que o procedimento será bem-sucedido e que Lula se recuperará plenamente.

Enquanto o país aguarda a cirurgia do presidente, políticos de diferentes partidos têm expressado mensagens de apoio e desejos de pronta recuperação. A saúde do líder político é um tópico de interesse nacional, dada sua influência e seu papel fundamental na política brasileira.

O presidente também aproveitou a coletiva para fazer um apelo aos brasileiros sobre a importância da vacinação contra a COVID-19. Ele destacou que a vacinação é fundamental para superar a pandemia e garantir a segurança da população.

"A pandemia ainda não acabou, e todos nós precisamos fazer nossa parte. A vacinação é segura e eficaz, e eu encorajo todos os brasileiros a se vacinarem o mais rápido possível. É a única maneira de vencermos essa crise de saúde", enfatizou Lula.

A agenda do presidente nos próximos dias será ajustada para acomodar a cirurgia e o período de recuperação, mas ele reafirmou seu compromisso com suas responsabilidades presidenciais e seu desejo de servir ao país da melhor maneira possível.

A cirurgia no quadril de Luiz Inácio Lula da Silva, uma das figuras políticas mais influentes do Brasil nas últimas décadas, será acompanhada de perto pela nação. Seu compromisso com o país e sua determinação em superar qualquer obstáculo, incluindo o medo da anestesia, continuam a inspirar muitos brasileiros.

À medida que o dia da cirurgia se aproxima, as mensagens de apoio e votos de pronta recuperação inundam as redes sociais e os meios de comunicação. O Brasil espera ansiosamente ver seu líder político voltar ao trabalho e continuar a moldar o futuro da nação.

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !